Pular para o conteúdo

Arroz, Feijão e Cinema

janeiro 5, 2009

1º Manifesto

Arroz, feijão e cinema é um conceito que nós do Ponto Cine vimos espalhando, difundindo aonde nos dão espaço: na imprensa; nas escolas, cursos pré-vestibulares comunitários e universidades; fóruns e feiras culturais; fábricas, igrejas, praças, bares e rodas de amigos.
Essa idéia surgiu da necessidade de alimentar a alma dos brasileiros e atingir o bem-estar cinematográfico do País. Nasceu da utopia, mas começou a materializar-se na sua própria metáfora, simples e de fácil compreensão.
Arroz e feijão são alimentos básicos. Além disso, é o prato mais comum aos brasileiros. São os elementos universais da nossa culinária, combinação típica do nosso País. Assim como o calção azul e a camisa amarela, no nosso futebol; o samba e a bossa, na nossa música; a capoeira e o rebolado, na nossa formação mestiça; o arroz e o feijão também são símbolos nacionais.
Arroz e feijão são o mínimo que a dignidade humana pode exigir na mesa dos brasileiros. Arroz e feijão são alimentos das massas.
Cinema Nacional é o mínimo que a cultura de massas de um País exige para que ele seja digno de sua vida própria em movimento.
Assim como a barriga e o corpo dos brasileiros exigem arroz e feijão, nossas almas exigem cinema, porque cinema alimenta a alma das pessoas e fortalece a consciência de um País.
Para que todos os brasileiros tenham acesso aos filmes nacionais e para que todos os filmes nacionais tenham acesso a todos os brasileiros se faz necessário a implementação de uma política que eleja como prioridades cinco pontos básicos:

1 – o aumento do Parque de Exibição Nacional;
2 – uma distribuição mais democrática e menos perversa desse Parque, privilegiando as cidades do interior do Brasil;
3 – diminuição no preço dos ingressos;
4 – diferenciação nos preços dos ingressos – ingressos para filmes nacionais mais baratos que para filmes estrangeiros; ingressos de filmes em suporte digital mais baratos dos que em película;
5 – proteção ao filme brasileiro com aumento da cota de número de dias de exibição.

Além desses itens há muita coisa o que fazer, mas nada que esteja fora dessa órbita, nada que não se articule e interaja com eles.

Aí está o nosso buraco negro. A hora que houver encorajamento, boa-vontade, esforço concentrado, enfrentamento e investimento, descobriremos um novo universo: o do cinema nacional, um sistema mais justo e simples.

O Cinema brasileiro deixará de ser estrangeiro na sua galáxia, passará a ser o centro desse conjunto de elementos interconectados e as produções internacionais gravitarão entorno dele. O que é muito normal segundo as leis naturais que sempre regeram os universos.

Tudo será mais simples. Será Arroz, Feijão e Cinema.

Anúncios
2 Comentários leave one →
  1. agosto 21, 2009 6:21 pm

    Olá, meu nome é Guarnier e gostaria de saber se vcs tbm exibem curtas amadores, pois tenho um site http://www.cinebrecho.blogspot.com onde postei meu primeiro curta produzido apenas com uma câmera de 5.0 mega pixels e editado no meu próprio pc, meus alunos de teatro do Centro Cultural de Nilópolis atuaram. O texto é uma adaptação do espetáculo "Carnaval, um país chamado Brasil" de minha autoria e o fragmento roteirizado aborda a indgnação de uma jovem estudante que, diante da inécia social em relação a violência instalada, resolve participar de um protesto fazendo um discurso que será o motivo pelo qual sua casa será invadida e ela surrada e ameaçada. se interessar, entrem no site e assistam ao vídeo "Estácio". Grande abraço!Guarnier

  2. março 28, 2010 9:52 pm

    É uma iniciativa corajosa e muito louvável, essa movimentação coloca todos nós, moradores da zona norte e suburbanos em evidência no cenário cultural do Rio de janeiro o ano inteiro e não somente em época da campanha eleitoral. Levantando a moral e a alta estima dos moradores dessa parte da cidade. Vocês estão de parabéns! Um abraço.VIVA AO PONTO CINE.Ricardo Alves

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: